16.1.11

Educação: da teoria à prática


A relevância de um livro pode ser verificada na forma como ele resiste, intelectualmente, ao passar do tempo.

O dicionário é um ótimo exemplo disso.

No entanto, freqüentemente, a função etimológica desse importante livro – mostrar a origem de cada palavra através de sua formação e evolução – tem sido ignorada ou distorcida, conforme mostra o vídeo abaixo:


Isso também ocorre, infelizmente, com o significado da palavra educação.

Educação confunde-se com ensino.

Educação confunde-se com transmissão de conhecimentos do mundo.

Quando, na verdade, não é.

Contudo, antes de revelar o que significa educação, precisamos refletir um pouco sobre a seguinte questão:

O que o nosso sistema educacional pretende produzir?

Ora, se ele pretende promover treinamento, como forma de inserir os estudantes na economia do país, ele está correto em basear-se apenas no acúmulo de conhecimentos.


No entanto, pergunto-lhes se essa visão de educação:

É capaz de dar algum sentido à vida? 

Permite aos professores ensinar alegria aos seus alunos

Consegue mostrar, aos alunos, a aplicação do conhecimento em sua profissão?

É capaz de despertar o potencial único de cada estudante?

Sinceramente, creio que não.

Afinal, esse tipo de deformação acarreta nos estudantes a redução da capacidade de pensar, devido ao fornecimento de respostas prontas aos problemas e à aversão ao erro, transformando-lhes em Lagartas Gordas (*).


Isso ocorre porque nessa ótica educacional, o erro é encarado de forma punitiva e não como propulsor de melhorias e inovações.

Isso está errado.

A educação, mais do que promover a melhoria da qualidade de vida dos grupos sociais, precisa dar sentido à vida das pessoas. 

Ensiná-las a se valorizar.

Precisa apresentar o estudante à vida real, revelá-lo ao mundo externo.

Afinal,

Segundo o dicionário, a palavra educação, que deriva do verbo educar, do latim educere, significa trazer pra fora as potencialidades de cada estudante...

(*) A expressão Lagartas Gordas não foi pensada para ofender, perverter ou ironizar, mas sim, para fazer uma crítica ao medo de ousar das pessoas, que preferem permanecer acomodadas.
_______________
Um abraço e meu sincero agradecimento aos queridos leitores deste blog que, prontamente, têm me ajudado com sugestões de temas e comentários críticos aos textos. Continuem participando e até o próximo texto! ;D

30 comentários:

  1. Sabrina *Kurimba*16 janeiro, 2011

    Mais pura verdade Jeni!!! Mais um texto incrível! Parabéns!! Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Belo texto :) Sabrina tem razão. a mais pura realidade! abraços :)

    ResponderExcluir
  3. se a educação eo conhecimento fossem levado a sério nosso mundo seria melhor...
    o unico bem ialienável do ser é o conhecimento!!!

    ResponderExcluir
  4. muito bom o texto !! informativo e engraçado , gostei do levantamento dos dados ,a maneira que formulou e expos as ideias e são verdadeiras premissas ,como prova de tal afirmação , é só observarmos o resultado sociológico , que é igual a cadeias super lotadas , super população e desenvolvimento de favelas , falta de profissional capacitado no mercado de trabalho , e tiririca no senado ushAUHSuA , Rich parabéns .

    ResponderExcluir
  5. thais rocha16 janeiro, 2011

    ai sim hem, pura verdade, uma realidade.. parabéins primo

    ResponderExcluir
  6. Texto interessante, bem informativo, o qual nos leva a reflexão, parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Cibelle (Xups)17 janeiro, 2011

    Disse tudo Jeni
    Hoje os professores jogam a informação, respostas prontas, não desenvolvem o espírito crítico dos alunos.
    O que acha de educação a distancia? Fale um pouco disso em algum texto =)

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Sou professor, e realmente (e infelizmente) esse tipo de educação que você critica vem acontecendo, sobretudo nas escolas particulares que têm como objetivo fazer com que seus alunos passem no vestibular.
    Paulo Freire, grande educador brasileiro, denomina esse tipo de formação como "educação bancária", onde o professor deposita o conhecimento nos alunos, e estes, por sua vez, vão acumulando o conhecimento transmitido, para posteriormente, reproduzi-lo, nunca para produzi-lo.
    Mesmo assim eu vejo uma luz no final do túnel, pelo menos tendo como base a formação universitária que eu tive. Durante a graduação estudamos muito os autores que sugerem uma educação com base na reflexão, a fim de formar alunos autônomos e críticos. Porém, esse tipo de educação, traz (excelentes) resultados a longo prazo, e por isso não atrai muito as escolas particulares, que se tornaram comércio, e portanto, precisam de resultados mais rápidos.

    ResponderExcluir
  9. Rafael Ourinhos17 janeiro, 2011

    Muito bons seus pencsamentos a cerca da educação. SOu prova de que ainda há esperança de que todos tenham não o depósito da informação, porém ter base e ferramentas pra solução dos problemas que acontecem não só na profissão que desejam desempenhar, mas também pra vida. o Exemplo é o curso de engenharia que faço, todos os dias somos desafiados a vencer novos desafios, porém a nós foi somente ensinado a base e dado as ferramentas.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  10. Leonardo (Brix)17 janeiro, 2011

    Jeni,
    Parabéns pelo blog!
    Fantástico!
    Concordo e assino embaixo sobre tudo o que disse no seu texto!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  11. oi jenipapo,

    realmente essa é a realidade do nosso país!!!

    adorei os textos, muito legal.

    continue enriquecendo este blog e estarei divulgando as pessoas conhecidas.

    parabens!!!!

    beijo

    simone ciavatta

    ResponderExcluir
  12. Olá, dei uma olhadinha nos seus textos e gostei muito. São engrançados sem deixarem de ser reflexivos e isso é excelente!
    Sobre este texto, que trata do tema "Educação: da teoria à prática", gostei do que escreve e concordo quando diz que é preciso que os educadores entendam o sentido real da educação.
    Sou educadora, há 10 aninhos, e no início a educação é e só pode ser o momento em que há sentido no aprendizado, o momento em que o educando expõe suas pontencialidades e encontra-se com o que está sendo proposto.
    Porém, com o passar dos anos (e às vezes não são necessário muitos anos...), você fica cansado, enfadado, desanimado, desiludido. Porque para muitos (senão para todos) o que importa são os números e não todo esse "sonho dourado" de educação...
    Um abraço,
    continue fazendo-nos refletir e rir! :D
    Ana Carolina.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns!

    Muito bom mesmo!
    Continue cada vez melhor!
    Um grande abraço,

    ass. Regina_ Perê

    ResponderExcluir
  14. É admirável mesmo o modo como você diverte sem deixar de ensinar, enfim o texto ficou ótimo assim como todos os outros, e o vídeo postado junto foi bem esclarecedor rs, e realmente todas as informações são apenas impostas a mim, já que eu ainda faço o ensino médio, enfim, gostaria mesmo que cada vez mais professores tivessem a mesma visão reflexiva que você, para tentar ensinar de um jeito melhor e mais prazeroso. um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Muito bom, um desempenho pratico e alternativo, consegue prender a atenção dos leitores.! Com uma linguagem formal e ao mesmo tempo pratica tu tornou o texto de fácil entendimento.! Meus parabéns. Abaço.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns Jenii!
    Não sabia desse seu talento com as palavras e nem da sua didática em expô-las.Adorei!
    Quando postar mais,me deixe um recadinho do orkut,ok?!Bj

    Ostrin

    ResponderExcluir
  17. Excelente abordagem acerca do ensino e da educação. Atualmente no Brasil os governos não tem conseguido dar conta dos aspectos mais básicos e primordiais da aprendizagem e são poucos os que tratam de assuntos como este com a mesma proficiência que você demonstrou
    Parabéns

    ResponderExcluir
  18. Texto(e vídeo) que demonstra a situação atual do Brasil em relação a informação, acredito que a "Educação" é essencial para a formação do caráter de uma pessoa, depositar informação em uma caixa não significa educar a mesma.
    Creio que não é necessário mais comentários sobre o assunto, pois ele foi muito bem escrito.
    Só tenho que deixar meus parabéns a iniciativa.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  19. DELSON@DION.COM18 janeiro, 2011

    OTIMA ABORDAGEM,RESUMO MAIS COMPLETO SOBRE O ENSINO E DA EDUCAÇÃO ADOREI
    PARABENS EXELENTE VC ALEGRA E TRANSMITE UM BOA TEORIA EM Q VC FAZ ABRAÇÃOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  20. Jeni, uma abordagem incrível sobre educação! Uma visão crítica que expõe a infeliz realidade do sistema educacional do nosso país. Gostei muito, muito mesmo! Quando postar novos textos deixe um scrap avisando. Parabéns pelo Blog, abraços!
    Jesus Negão.

    ResponderExcluir
  21. Jeni, excelente texto. Uma visão crítica sobre a infeliz realidade do sistema educacional do nosso país, gostei muito. Qdo postar novos textos me mande um scrap avisando. Flows Parabéns
    Jesus Negão

    ResponderExcluir
  22. Bacana Richardson.
    Educação..........o negócio é sério.
    Abraços

    ResponderExcluir
  23. Palavras sábias e verdadeiras, cara! Um abraço!

    Diego de Leon

    ResponderExcluir
  24. Parabéns Jenipapo!
    Um texto muito esclarecedor e importante para a realidade que vivemos.
    Parabéns pela iniciativa. É desse tipo de crítica que nosso país precisa!
    bj
    Pitanga

    ResponderExcluir
  25. Parabéns!! Muito bom!
    O texto expressa o seu conhecimento sobre o tema "educação", demonstando amadurecimeto e preocupação com a formação dos jovens.
    Um alerta aos professores. Momento de reflexão!
    Grande abraço.
    Prof. Paulo (FMVZ/UNESP-Botucatu)

    ResponderExcluir
  26. Antonio L. Florentino knudos/Belco22 janeiro, 2011

    Genipapo, foi complexo seu texto sobre "Educação: da teoria à prática" .
    Gostei porque para falar do tema EDUCAÇÃO você foi buscar informações nas Artes (primeiro quadrinho, cinema (vídeo), leitura (seg quadr...), ensino (terceiro quadro, professor 'ditador'), internet (caixa de erro), enfim quero dizer que seu texto, IDÉIAS, mostra alguns problemas educacionais em nosso querido Brasil, onde muitas vezes as pessoas falam por falar...e nisso refletir , pensar, criticar, assumir responsabilidades está fora de moda...tá rolhando mais um BBB e a massa tá junta...quem será dessa vez o herói?

    abraços

    ResponderExcluir
  27. Adorei o texto...
    Como visto é inquestionável o incrível poder da palavra "Educação"..., Ela é como uma luz que atinge profundamente a alma, e consequentemente tenderá a provocar alterações nas manifestações da humanidade. “Educação” é como um sentimento que por si só possui a capacidade de nos transformar, de nos impulsionar, de criar e ir à busca de sonhos...
    Mas, a palavra “Educação” não caminha sozinha junto a ela temos a palavra "Educador" que poderemos nos encantar, nos repudiar, ou então apenas a ignorar. “Educador” embora caminhe junto a “Educação” nem sempre elas compartilham o mesmo espaço, o mesmo tempo e nem tão pouco o mesmo objetivo...., infelizmente.
    Ser educador é acima d tudo ser um constante despertador d sonhos da mente nos pequenos iniciantes...
    abração guri... rsrs adorei d vdd

    ResponderExcluir
  28. REDATOR DO BLOG LAGARTAS GORDAS22 janeiro, 2011

    Olá Sabrina, Paula, Paulo Scorsatto, Rafael, Thais, Vanilde, Cibelle, Rafael Ourinhos, Jéssica, Brix, Simone, Ana Carolina, Perê, Davi, Ana Gabriela, Ostrin, Ana Paula, Helton, Delson, Jesus, Francisco, Diego de Leon, Pitanga, Prof. Paulo, Belco, Leandro, Pita e anônimos!

    Agradeço de coração OS 28 COMENTÁRIOS, dos quais falarei agora:

    Gostaria de saber da Ana Carolina, porque tu achas que o professor, depois de um tempo, se cansa, se desilude?

    Gostaria também que o Rafael de Ourinhos, que cursa Engenharia, pudesse relatar com maia detalhes a metodologia de ensino aplicada nas aulas, baseada na resolução de problemas.

    Cibelle, em breve poderei sim tratar do assunto EaD, mas podes ir adiantando sua posição também!

    Meu e-mail é: richardsonunesp@gmail.com

    De uma forma geral, percebi que os leitores entenderam e colocaram sua opinião a respeito do problema em se promover uma "educação" voltada exclusivamente à movimentação da economia e nao à reflexão do conteúdo.

    Aliás, no novo texto do blog abordo esse assunto, com o tema: "BRASIL: a educação e os 11 desafios para 2011".

    Espero que gostem!

    Continuem acompanhando e, se possível, me ajudem a divulgar o blog.

    Continuem comentando!!! ;D

    Até a próxima.
    Richardson
    Redator do Blog Lagartas Gordas

    ResponderExcluir
  29. rickee infelizmente a falta de informação está presente em nosso dia dia .....ai temos q ouvir esses absurdos ......mas enfim o seu blog muito bom mesmo abordando assuntos bastante discutiveis ......forte abraço meu qrido .......RAFAEL

    ResponderExcluir

Olá leitor(a)!
Deixe um comentário aqui.
Obrigado.