9.1.11

A Idéia e o Sono


Havia um tempo em que a Idéia e o Sono se encontravam  apenas casualmente, ou seja, sem lugar, motivo ou hora marcada.

Eles não se procuravam. Simplesmente se encontravam.

A Idéia era rápida, leve e perspicaz; de origem desconhecida.

O Sono era devagar, misterioso; amante da noite.

No entanto, ambos, sabiamente, se aceitavam exatamente da forma como eram.

Num desses encontros, a Idéia resolveu convidar o Sono para disputar uma corrida.

Amistosamente, o Sono aceitou.


Dada a largada, a Idéia corria velozmente pela pista; o Sono era extremamente lento.

Enquanto a Idéia já havia passado dez vezes pela linha de chegada, o Sono, a passos lentos, não havia sequer alcançado a metade da primeira volta.

No entanto, por ser mais rápida e, conseqüentemente, ter corrido mais, a Idéia se cansou primeiro e ficou pelo caminho.

Quando isso aconteceu, o Sono a alcançou e, pegando-a em seus braços, conduziu-a por uma viagem livre, tranqüila e incoerente, onde, tudo aquilo que fazia sentido para a Idéia só conseguia, agora, repousar entre o brilho das mais belas estrelas.


Longe do chão, a Idéia permitiu que o Sono se tornasse seus pés, fazendo-a recordar de cada detalhe do encontro dos dois, brindando-a com imagens que ela jamais vira.

Depois daquela corrida, a Idéia e o Sono perceberam que não jamais poderiam ser adversários.

Pelo contrário, eles descobriram que deveria haver entre eles uma relação mútua, pois:
 

A Idéia precisava do Sono para se recuperar e o Sono precisava da Idéia para fazê-lo acreditar no amanhã; fazê-lo acreditar na possibilidade de uma nova corrida entre os dois.  

Foi então que a Idéia passou a ansiar pelo encontro com o Sono e o Sono passou a ansiar pelo encontro com a Idéia.
                                                                       *
                                                                  *       *   
    
"Dessa forma, a partir dos encontros desses dois até os nossos dias, a humanidade passou a testemunhar o nascimento das mais belas invenções que já se teve notícia"

_______________
Um abraço e até o próximo texto!
Se você gostou desse texto deixe seu comentário. Se não gostou, deixe também. Sua opinião, leitor, é muito importante para a continuidade desse Blog. *-*

12 comentários:

  1. Claudia Wesselka09 janeiro, 2011

    Gostei. Adversários? Relação mútua? Fez-me refletir se faço o bom uso da idéia e do sono...

    ResponderExcluir
  2. Cibelle (Xups)09 janeiro, 2011

    Cibelle curtiu isso (Y)

    ResponderExcluir
  3. As vezes nos distraímos tanto com os afazeres do dia a dia que acabamos esquecendo de refletir nas pequenas coisas que teem grandes importâncias, realmente o seu texto traz as pessoas um incentivo a reflexão e análise do tema, muito bom mesmo ricke, continue assim. (Y)(Y)

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, Jeni!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Mari Canato10 janeiro, 2011

    Lindo. Parabens rick. vc tem muito talento!
    um beijo
    Ma

    ResponderExcluir
  6. REDATOR DO BLOG LAGARTAS GORDAS10 janeiro, 2011

    Olá Cláudia, Cibelle, Davi, Najaí e Mari Canato!

    Agradeço muito as mensagens de vocês.

    Um dos objetivos do Blog Lagartas Gordas é justamente esse: promover a reflexão de assuntos, muitas vezes, deixados de lado, com foco na educação e no ensino.

    Buscarei sempre não interferir na livre interpretação de vocês, leitores, a fim de que possam encontrar nos textos elementos utilizáveis em suas vidas.

    Só assim, a educação terá sentido.

    Continuem acompanhando e, se possível, me ajudem a divulgar o blog.

    Em breve, um novo post...

    Continuem comentando!!! ;D

    Até a próxima.
    Richardson
    Redator do Blog Lagartas Gordas

    ResponderExcluir
  7. Mudanças são sempre bem vindas! msm quando ruins sempre nos promove uma evolução!

    ResponderExcluir
  8. Então quer dizer que sono e idéia são os segredos para o seu jeito com as palavras?Não.Acho que é dom mesmo,neh?!rsrs
    Linda a poesia e a mensagem do texto.
    Bjs
    Ostrin

    ResponderExcluir
  9. mateus carvalho28 janeiro, 2011

    parabéns pelo blog, um ótimo trabalho.


    mateus

    ResponderExcluir
  10. eaee maluuco..show de bola brother
    parabens!!
    abrass

    ResponderExcluir
  11. Ae
    nossa ótimo blog!
    ta de parabéns!
    abrass

    Bruno

    ResponderExcluir
  12. No meu caso é diferente.
    Minhas idéias resolvem apararecer e se destacar a noite, como no texto...o sono pega a idéia nos braços, no meu caso, minhas idéias pegão o sono nos braços, não deixando com que ele faça o seu trabalho. Meu "processo de criação"...rs...digamos assim, é todo noturno, quando a idéia fala mais alto, o sono obedece e a deixa de lado fazendo o seu trabalho.
    Mto bom Ricke.
    Parabéns!

    ResponderExcluir

Olá leitor(a)!
Deixe um comentário aqui.
Obrigado.