11.2.11

Jogo do troca

Saudações ao caros leitores desse blog,

De acordo com o autor de teatro francês Pierre de Beaumarchais: “É preciso rir logo de tudo antes que nos obriguem a chorar.” 

Por isso, de maneira análoga ao programa de TV da Band "É Tudo Improviso", vamos começar agora o JOGO DO TROCA.


Procederemos assim: após as perguntas dos personagens ALUNOS, toda vez que eu disser TROCA, o personagem PROFESSOR terá que trocar a última coisa que ele disse por outra (refletindo, na terceira resposta (em itálico), muitas vezes, o verdadeiro significado das frases ditas em sala de aula).

Eu falo TROCA e ele troca na mesma hora! (para os que nunca viram esse jogo, recomendo que assistam o vídeo abaixo para entenderem melhor o post).


Precisamos de um LUGAR... ~~> Uma Universidade.

Precisamos de uma SITUAÇÃO... ~~> Primeiro dia de aula em uma disciplina.

Portanto: 

“PRIMEIRO DIA DE AULA EM UMA DISCIPLINA NA UNIVERSIDADE”


Atenção, VALENDO:

Aluno: “Professor, qual a importância dessa disciplina?
Professor: “Essa disciplina é extremamente útil.” (TROCA)
Professor: “Essa disciplina serve de base para vocês entenderem as próximas.(TROCA)
Professor: “Nunca parei pra pensar quais são os reais objetivos dessa disciplina...”


Aluno: “Mas sendo assim, nós teremos avaliações?!?
Professor: “Apenas uma avaliação ao final da disciplina.” (TROCA)
Professor: “Apenas uma pergunta ao final da disciplina para dar mais emoção.” (TROCA)
Professor: “Apenas pra vocês NÃO se interarem ao longo da disciplina do que sabem, do que não sabem e do que deveriam saber...”


Aluno: “Hum, e como seremos avaliados?
Professor: “Vocês serão avaliados oportunamente.” (TROCA)
Professor: “Vocês serão avaliados em algum momento.” (TROCA)
Professor: “Se eu contar pra vocês TODAS as regras da disciplina vocês deixarão de freqüentar às minhas aulas...”

Aluno: “Ah e, falando nisso, como serão nossas aulas?
Professor: “A disciplina será dada na forma de ditado.” (TROCA)
Professor: “A disciplina será dada na forma de ditado rápido.” (TROCA)
Professor: “Eu não quero ouvir perguntas inúteis e incômodas durante as aulas...” 


Aluno: “Mas não seria interessante que nossas aulas fossem dadas com recursos didáticos variados?
Professor: “Não temos recursos financeiros para isso.” (TROCA)
Professor: “Não temos tanto tempo a perder, pois o conteúdo é MUITO extenso.” (TROCA)
Professor: “Não tenho tanto tempo a perder preparando aulas diferentes, pois sou muito mais valorizado pelo número de artigos que publico...”

  
Aluno: “Ok, mas e no caso de dúvidas com o conteúdo da disciplina, como faremos?
Professor: “Bem, vou lhes apresentar agora o fulano que é mestrando...” (TROCA)
Professor: “Bem, vou lhes apresentar agora o beltrano que é doutorando...” (TROCA)
Professor: “Se vocês forem toda hora na minha sala, não consigo organizar minhas pesquisas...”


Aluno: “Professor, com relação às faltas, se eu trouxer atestado médico elas serão retiradas?
Professor: “Você pode faltar em até 30% das aulas, mais que isso não.” (TROCA)
Professor: “Você pode faltar mais de 30% das aulas, se quiser pegar DP direto.” (TROCA)
Professor: “Se eu não controlar as faltas, ninguém aparece na minha aula...”

________________
Boa semana leitores!
Comentem esse post para ampliarmos as discussões, ok?
Até o próximo texto!

16 comentários:

  1. Adorei Rs . ja vou falar pro meu irmaum pra gente brincar do jogo do TROCA

    ResponderExcluir
  2. Nosssa vc mandou muito bem Richardson.
    Me fez lembrar um professor que tive durante a graduação. Ao mesmo tempo que me faz pensar na minha atitude enquanto docente. Enfim...
    bacana mesmo.

    Abração

    ResponderExcluir
  3. Realmente a terceira resposta é a que ouvimos com maior frequencia, e talvez seja assim apenas pelo fato de que ja existe um costume em aceitar esta situação.
    Texto muito interessante.

    ResponderExcluir
  4. Eeeeh maano o jogo eh muito coomeedia! ahuashusahu! e do que foi feito ai ficou muito massa!

    Texto show!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns! Os textos que posta no blog são ótimos e esse me fez lembrar o meu primeiro dia de aula na faculdade.
    Adorei e continue escrevendo.

    ResponderExcluir
  6. Bem.. em alguns anos do ensino fundamental e médio, a minha vontade era mesmo brincar do troca com alguns professores, mas em vez das frases eu queria trocar de professor KK, o texto ficou ótimo ricke, continue assim, escrevendo assuntos sérios de forma divertida para melhor compreensão, abraço!

    ResponderExcluir
  7. Carla (Jagunça)11 fevereiro, 2011

    Muito bom o texto, leve e divertido, porém, seu conteúdo nos mostra uma postura errada dos professores e comum nas salas de aula (infelizmente).

    Com um começo destes, é notório que o resto do semestre (ou ano, ou, dependendo da sua sorte...vários semestres em várias disciplinas) será levado de forma similar.

    Lembro das minhas poucas disciplinas de graduação que começavam de forma diferente: professores animados, estimulando os alunos...lembro-me de como ficávamos espantados!E como depois as aulas fluíam com muito mais leveza, como este texto.

    Parabéns Jeni!

    ResponderExcluir
  8. Taís Yumi *Prisma*11 fevereiro, 2011

    Haha... muito divertido esse texto Jenii!!! Adorei :)

    Parabéns como sempre, né!?!


    Beijãoo

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o texto, Jeni!
    Achei muito criativa a forma de escrever esse texto, fazendo a brincadeira do troca... muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Adorei! muito bom, e criativo =) Aliás, estava lendo os seus outrs posts, você escreve muito bem! Sem falar que adorei as ideias de relação professor - aluno que você defende =)
    Parabéns mesmo
    beijos, Gabi

    ResponderExcluir
  11. é por esses e outros posts que ele ganhara uma coluna no jornal da minha cidade!
    explendido *-*

    ResponderExcluir
  12. Claudia Wesselka14 fevereiro, 2011

    hahaha. Simplesmente cativante.
    Divertido e com uma gde lição.

    Poderíamos usar o Troca para mudar todas as "cenas erradas" de nossa formação profissional, familiar e social. Se pensarmos que é preciso mudarmos, facilitamos o processo de evolução e crescimento pessoal.

    Quero dar meus parabéns para você.
    Seus textos são muito úteis e têm grandes valores, uma vez que desperta em todos a mudança, reflexão e desenvolvimento.

    Muito sucesso!
    Bjoos.

    ResponderExcluir
  13. Débora (Urucum)15 fevereiro, 2011

    Texto mto criativo. Uma grande sacada criticar o modelo das universidades com esse tipo de humor!
    Parabéns, Jeni!

    ResponderExcluir
  14. Um texto muito interessante e bem arquitetado.
    Uma brincadeira que de brincadeira não tem nada.
    Uma boa forma de ver todos os lados das situações.
    Muito bom!!!
    Se gosta de poesia, música e tantas outras ARTES, passa para conhecer meu Blog. Será um prazer receber mais um amigo.

    ResponderExcluir
  15. Jeni... senacional seu texto!! Mesclou muito bem o humor com a realidade a respeito dos nossos docentes!
    Bem... esse seu texto me fez pensar num dos nossos professores da graduação que incrivelmente (ou não)se encaixa perfeitamente no descrito!!!
    Beijos, menino!
    Continue assim.
    SUCESSO

    ResponderExcluir

Olá leitor(a)!
Deixe um comentário aqui.
Obrigado.